FILANTROPIA EMPREENDEDORA

Venture Philanthropy

Em seu conceito mais simples, o "Venture Philanthropy" é a aplicação dos princípios do "Venture Capitalism" para fins filantrópicos. Mais especificamente, isto significa prover a instituições sociais não apenas recursos financeiros, mas também técnicos e gerenciais.

É justamente isto que a Perrotti Partner busca em suas iniciativas. Queremos ir além de doações pontuais de recursos. Queremos desenvolver as entidades e os talentos artísticos/profissionais existentes nelas. E, para que isto aconteça, o processo de investimento social, se assemelha bastante ao processo de investimento financeiro.

A primeira etapa é a seleção das oportunidades. Há dois pontos fundamentais para se analisar na hora de optar por uma entidade: (i) a seriedade dela e (ii) a complementaridade entre o perfil do investidor e da entidade. Em outras palavras, o investidor deve avaliar o quanto de valor ele poderá agregar à entidade.

A partir disso, é construído um plano de negócios, com objetivos bem definidos. É interessante que este plano seja baseado em um produto (por exemplo o CD do Art Supply). Isto agrega valor e ajuda na sustentação da iniciativa, pois mostra aos investidores e clientes um resultado prático da ação. Ou seja, a iniciativa mostra desde já que não é apenas uma captação de recursos em via única pois apresenta também para a sociedade um produto que é símbolo do trabalho desenvolvido.

O Instituto Beethoven

Entre os diversos projetos que são realizados, destacamos a divisão de Musicalização Infantil , onde ensinamos Flauta, Coral, Violão para crianças além de oferecer bolsa estudos para jovens talentos que visa a formação e profissionalização de jovens da Graduação no Curso Técnico Profissional em Música Erudita e Popular. Iniciamos também o projeto de Música e Luteria Experimental como objetivo de construção de instrumentos musicais construídos com matéria prima alternativa.

Outra novidade é a parceria com a campeã olímpica Marta Sobral, oferecendo a prática de basquetebol em regiões de baixa renda. Também na área esportiva iniciamos com a associação Karatê-Do à iniciativa de aulas para crianças, jovens e adultos, portadores de síndrome de down ou deficiência intelectual.

Temos a satisfação de estar celebrando este ano, 10 anos de parceria junto a Escola Especial de Educação Básica para surdos da DERDIC.

Por fim, para completar o processo de um investimento social, o investidor deve monitorar a iniciativa, avaliando constantemente seus resultados em relação ao plano de ação inicialmente traçado.

Instituto Musical Beethoven

Fundado em 2000 por Miguel Perrotti e sua esposa Yara Perrotti (atual presidente da entidade), o Instituto Musical Beethoven ("IMB") tem como objetivo financiar pessoas deficientes ou sem possibilidade econômica de estudar para que elas desenvolvam, através da arte, sua autoestima, cidadania e inclusão social.

O Instituto atua por meio de parcerias com diversas entidades do terceiro setor, de forma que cada projeto seja desenvolvido de acordo com as necessidades da entidade parceira.

O Instituto Musical Beethoven (IMB) é uma entidade não governamental fundada em 2000 com o objetivo de difundir a arte. Para isso, promove a premiação de talentos musicais e o desenvolvimento de trabalhos com artistas voluntários junto a entidades de atuação social, ambiental e cultural. Graças a essa dedicação, a instituição ganhou o Prêmio Cidadania do Anuário Telecom nas edições de 2005 e 2007, com os projetos Art Supply e Programa de Orientação Ocupacional e Escolar (POOE), respectivamente. Seu compromisso e o de seus colaboradores é promover uma filantropia inovadora, transformando a caridade individualista em empreendedorismo social, de modo a formar uma aliança para a criação de uma filantropia estratégica que apresente resultados mensuráveis, possibilitando uma boa interação entre doadores e receptores.

Abaixo, são apresentados os principais projetos desenvolvidos pelo IMB.


Principais iniciativas do Instituto Beethoven desenvolvidas em 2012 e 2013


1. Projeto ART SUPPLY

O ART SUPPLY (www.artsupply.com.br) é um projeto sociocultural de iniciativa do Instituto Beethoven que arrecada recursos para agregar valores no âmbito da arte e da cultura junto ao terceiro setor. O prêmio ART SUPPLY contempla anualmente projetos musicais, que são promovidos por meio do lançamento de um CD e uma apresentação do repertório em um concerto ou show. O valor arrecadado com estas ações é totalmente revertido para projetos sociais que auxiliam crianças e jovens carentes.

Em 2012, aconteceu o ART SUPPLY XII, cujo premiado foi o maestro João Carlos Martins. O lançamento do CD The Best of Bach ocorreu no dia 27 de novembro, no teatro SESI/FIESP, em São Paulo e contou com a presença de mais de 700 convidados. A arrecadação total desde projeto foi de R$ 400 mil reais.



2. Projeto Orquestra de Sons Recicláveis

Em parceria com a orquestra da Associação ABCD Nossa Casa, a "Orquestra de Sons Recicláveis" é um projeto de música e luteria (fabricação de instrumentos de corda com caixa de ressonância), cujo objetivo é a criação de agentes multiplicadores na construção de instrumentos musicais constituídos a partir de matéria-prima alternativa.

Idealizado pelo musicista, luthier e artista plástico Fernando Sardo, este projeto propicia um estímulo para a busca de caminhos alternativos e criativos para a sustentabilidade, desenvolvendo ferramentas de auto sustentação para a sociedade. As primeiras oficinas de luteria foram realizadas em junho de 2011 e os instrumentos construídos estão em plena utilização atualmente.



3. Associação APROCIMA

Iniciado em 2009, tratava-se de um projeto de musicalização infantil, oferecendo aulas de flauta para um grupo inicial de 94 crianças de até nove anos de idade. Ao longo dos últimos três anos, o projeto expandiu-se significativamente e, hoje, atende um grupo de 210 crianças da faixa etária de 9 a 14 anos e oferece, além das aulas de flauta, aulas de coral e de percussão.

Para 2013, planeja-se a aquisição de seis violões, dois teclados, seis violinos e duas flautas. O objetivo para o próximo ano é atender mais 40 crianças e oferecer também aulas individuais de canto, violão, teclado e violino a partir do próximo ano.



4. Casa do Menor de Santo Amaro Grossarl

Outra entidade que manteve a sua parceria com o Instituto Beethoven em 2012 foi a "Casa do Menor de Santo Amaro Grossarl", a qual acolhe crianças e adolescentes vítimas de maus tratos ou abandono. Este projeto existe desde 2008, quando atendia 30 crianças e hoje já ajuda pouco mais de 60 crianças, promovendo atividades de musicalização infantil, com ênfase para aulas de flauta. Para o próximo ano, o principal objetivo é a aquisição de novos instrumentos.



5. Bolsas de Estudos em Música

Essas bolsas visam financiar a formação e profissionalização de alunos através da graduação no Curso Técnico Profissional em Música Erudita e Popular. Desde o seu início em 2009 e até o final de 2011, 35 crianças de baixa renda e com condições especiais já foram beneficiadas com as bolsas financiadas por essa iniciativa. Em 2012, mais dez crianças foram contempladas com este incentivo.